Como lidar com os erros no trabalho

Cinco passos que você pode tomar após cometer erros no seu dia a dia de trabalho.
Ninguém pode ser perfeito, todos cometemos erros em nossa vida. Mas como lidar com esses erros e reduzir o seu efeito posterior é o que mais importa.

Cometer erros no trabalho é muito comum. Todos nós devemos ter cometido erros no trabalho pelo menos uma vez em nossa carreira.

Os erros podem ser pequenos, com um impacto muito menor, enquanto alguns podem ser graves, o que podem afetar seu empregador ou colaborador dependendo do lado em que estamos atuando.

As pessoas não cometem erros intencionalmente, mas devido à alta pressão no trabalho, falta de informação ou decisão tomada com pressa, os erros podem acontecer.

Embora não possamos evitar os erros no trabalho, podemos aprender como lidar com eles.

Aqui estão algumas dicas sobre como lidar com os erros cometidos no trabalho.

1 Reconheça seu erro

Assim que perceber que cometeu um erro, reconheça-o. Se o erro for pequeno, o que pode ser corrigido antes que as pessoas sejam afetadas, tome a ação imediatamente. Se o erro for grave, informe imediatamente o seu chefe sobre o fato.
Nunca ignore o erro ou fuja dele. Mesmo que você não admita, as pessoas descobrirão que o erro foi cometido por você. Então, é sempre melhor admitir isso sozinho e mostrar um comportamento profissional.

2 Elabore um plano para corrigir seu erro

Os erros não podem ser ignorados. Tão logo perceba que cometeu um erro, analise imediatamente os possíveis efeitos posteriores desse erro e o que você pode fazer para minimizar ou evitar esses efeitos. Seu chefe apreciará, se você reconhecer que cometeu um erro e como planeja corrigi-lo. É muito importante que seu chefe saiba sobre a situação e o plano para corrigi-lo, para que ele possa apoiá-lo na frente de outras partes interessadas.

3 Faça uma retrospectiva das razões porque cometeu o erro

Antes de tomar medidas para corrigir o erro, pense sobre o que o levou a cometer o erro. Foi devido à falta de informações, erros de dados, problemas técnicos, uma lacuna no processo ou pode ser apenas sua abordagem ou atitude errada. É importante compreender a causa raiz do problema, de modo que você possa primeiro encontrar uma solução para corrigi-lo e, em seguida, corrigir a causa raiz para que esse erro não seja repetido no futuro.

4 Certifique-se de que o mesmo erro não seja repetido no futuro

Os funcionários são apreciados se aprendem com seus erros e assegurem que o mesmo erro nunca será repetido. Depois de analisar a causa raiz do problema, tome todas as medidas para corrigir a causa raiz, de modo que não só você, mas outros também serão impedidos de cometer o mesmo erro.

Se é a sua abordagem ou atitude ou a falta de concentração, você deve trabalhar sobre si mesmo e fazer mudanças no seu estilo de trabalho, para que não repita esses erros novamente.

Os erros serão perdoados uma ou duas vezes, mas erros repetidos podem dificultar sua carreira.

5 Vamos em frente

Lembre-se disso, erros podem acontecer com qualquer um e ninguém é perfeito. Uma vez que o capítulo sobre o erro acabou, vamos em frente. Não fique com essa culpa em sua mente. Você cometeu um erro, pediu desculpas e corrigiu, então o próximo passo é deixá-lo para trás e avançar. Se você carrega a culpa ou tem medo dos erros, você não poderá trabalhar de forma eficiente. Então, não tenha medo de erros do passado e assumir novas responsabilidades, com confiança.

Os erros devem ser tomados como oportunidades de aprendizagem e deve ser tomado cuidado para evitá-los no futuro.

Texto Apurva Goel (Writer, Trainer and Freelance Consultant), Government College of Engineering, Karad Mumbai, Maharashtra, Índia.

Publicação Siteware – Tradução livre Erico Barros

Erico Barros

Erico Barros

Conselheiro e sócio do Aquila, é administrador com especialização em economia e finanças pela University of Cambridge e avaliação de negócios governamentais pela USP. Participou do Program for Management Development da Harvard University e integrou a 1° missão de executivos brasileiros ao Japão, em 1991. Atua há mais de três décadas com a gestão de organizações de diversos segmentos.

Compartilhe:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter